Existem momentos, paisagens e veículos… Que fazem história!

Share This:

O ofício do historiador é descobrir instantes, vasculhar mentes, decifrar enigmas, mais que técnica… É preciso crer que atrás da possível informação existe história! Pensa o homem comum que a história passou já o historiador vê a história como hoje, o passado é registro, a percepção deste registro é a possibilidade de perceber instantes. Cada objeto que o homem tocou passou a ser nossa ferramenta de pesquisa. Tudo é história, pois a plenitude da vida consiste em viver instantes, o homem comum teima em passar pelos instantes, já o historiador vê em cada instante o pulsar da humanidade.

 

Roberto Mota, professor de história e observador de instantes.

Imagem: BR 365, em Monte Alegre de Minas Gerais, registrado pelo autor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido!!