Robinho é condenado a 9 anos de prisão por agressão sexual na Itália

Share This:

A nona sessão do tribunal de Milão condenou o atacante do Atlético Robinho a nove anos de prisão por agressão sexual grupal a uma garota albanesa de 22 anos, em uma discoteca de Milão, em 22 de janeiro de 2013. O ato, de acordo com a investigação, foi consumado por Robinho, que defendia o Milan naquela época, e outras cinco pessoas, sendo que uma delas seria Ricardo Falco, amigo do craque, que também levou a mesma pena, segundo informam jornais italianos.

Para os outros quatro réus, segundo informa o site Leggo, o julgamento foi suspenso. O craque e seu amigo também terão de desembolsar 60 mil euros de danos à vítima.

Segundo informações da agência de notícias italiana Ansa e de outros periódicos italianos, como o veredicto foi dado em primeiro instância, jogador poderá ainda recorrer à Justiça local. Enquanto não houver condenação final, a pena não será aplicada. Assim, o atacante alvinegro responderá o caso em liberdade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido!!