SUSPEITOS DE ROUBO A AGENCIA DOS CORREIOS EM GURINHATÃ SÃO PRESOS

Share This:

Uma agência dos correios foi invadida na madrugada desta segunda-feira (11) em Gurinhatã. Segundo a Polícia Militar (PM), o cofre foi furtado e abandonado em uma estrada próxima à cidade. Pelo menos três jovens foram presos. A quantia em dinheiro levada não foi informada.

De acordo com a PM, imagens da câmera de segurança do estabelecimento mostraram quatro homens encapuzados entrando na agência. Um deles estava armado. Na fuga, os criminosos levaram o cofre e tentaram impedir a aproximação da polícia espalhando pelo caminho ferramentas e pregos entrelaçados, os “miguelitos”.

Cofre foi abandonado em estrada

Ainda segundo a polícia, o cofre foi localizado horas depois em uma estrada vicinal, “Placa do Boi”. Os policiais constataram que o cofre havia sido arrombado e o encaminhou para a Delegacia de Polícia Civil de Ituiutaba.

Durante a tarde, a Polícia Militar Rodoviária de Frutal localizou três dos suspeitos do furto, dois jovens de 23 e 24 anos e um rapaz cuja idade não foi divulgada. Eles estavam na altura do Km 74 da BR 364. Com o grupo foram apreendidos moedas, ferramentas e “miguelitos”. O quarto suspeito continuava foragido até esta publicação.

Em nota, os Correios informaram ao G1 que não vão comentar sobre o furto. Confira a nota na íntegra:

“Os Correios não detalham estatísticas sobre as ocorrências de roubos/extravios de objetos postais nem assaltos a agências por se tratarem de assuntos relacionados à segurança. Tampouco divulgamos informações relativas ao processo interno de segurança, para não fragilizar as ações adotadas e para preservar a integridade dos nossos clientes e empregados.

Ressaltamos que os Correios não estão alheios a ações criminosas contra a empresa, adotando medidas no intuito de promover condições mais adequadas para o atendimento, o bem-estar e a segurança dos empregados e clientes em suas unidades. Nesse sentido, são realizadas constantes ações de segurança, que envolvem o uso de equipamentos específicos, orientações e acompanhamentos para a prevenção de crimes e, em destaque, a parceria com os órgãos públicos de segurança em todos os níveis (municipal, estadual e federal), responsáveis pelo combate à criminalidade.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido!!